A partir de 2018, manga, frutas de caroço e figo terão conservadoras DaColheita

Termotécnica anuncia investimento de R$ 5 milhões em PE

Empresa é a maior indústria transformadora de EPS da América Latina


A Termotécnica reuniu cerca de 100 clientes e parceiros - entre eles grandes produtores de fruta da região do Vale de São Francisco, como os gestores da CAJ, Cappellaro e Special Fruit - em um encontro de negócios, em Petrolina (PE). Albano Schmidt, presidente da empresa, anunciou o investimento de R$ 5 milhões na ampliação da unidade de negócio que a Termotécnica tem em Petrolina e o lançamento de novos modelos da conservadora DaColheita, item que representa a força motriz da empresa no segmento do agronegócio.

A Termotécnica é a maior indústria transformadora de EPS da América Latina e líder no mercado brasileiro deste segmento. Na unidade de Petrolina, produz as conservadoras DaColheita que, entre outros benefícios, ampliam o shelf-life, proporcionam menor perda de peso pela desidratação e mantém o teor vitamínico das frutas, verduras e legumes (FLVs) por mais tempo.

A empresa instalou sua unidade de negócio na região do Vale do São Francisco em 2010. A produção iniciou com conservadoras específicas para uva que, em pouco tempo, se transformaram em um case de sucesso. A partir de 2018, manga, frutas de caroço e figo terão conservadoras DaColheita sob medida para suas necessidades e outras culturas já estão em estudo. No evento também foram lançados modelos da base de movimentação Upally, destinados ao transporte e armazenamento de FLVs, tanto para o mercado interno como para exportação via aérea. Esses pallets podem representar uma redução no peso de até 90% se comparado ao de madeira. A solução conjunta (conservadoras DaColheita e Upally) pode reduzir em até 30% o custo do frete aéreo.

Vilmar Cappellaro, proprietário da Cappellaro Fruits, afirma que em outros países a conservação de frutas em EPS já acontecia há mais tempo e, percebendo seus benefícios, reuniu um grupo de fruticultores brasileiros em busca de um parceiro que atendesse as necessidades daqui. Lembra que, ao procurar a Termotécnica, percebeu que a empresa tinha know-how e lançou o desafio. "A Termotécnica acreditou na nossa proposta e, com responsabilidade, colocou uma equipe completa à nossa disposição, que realizou o desenvolvimento técnico do produto e o estudo de sua viabilidade econômica", ressalta. Satisfeito, Cappellaro valoriza o fato da conservadora DaColheita agregar valor à fruta e da Termotécnica trabalhar em parceria com os fruticultores, o que - segundo ele - motiva parceria e evolução em todos os aspectos.

Fábio Santos, da Rede Oba Hortifruti, destaca que a conservadora DaColheita contribui com a preocupação da Oba em oferecer ao consumidor produtos sempre impecáveis e com frescor. "A conservadora DaColheita é inovadora, eficaz no armazenamento e transporte de frutas. Também contribui no aspecto visual e é um produto reciclável. Percebemos que o consumidor aprovou, prova disto é que procura e utiliza essas embalagens pós-uso para transportar suas compras para casa", ressalta.

 "A expansão faz parte do nosso plano de negócio. Reunimos os especialistas da Termotécnica que, em parceria com produtores da região, trabalham no desenvolvimento de novos modelos DaColheita para outras culturas, de acordo com a necessidade do mercado", destaca Albano Schmidt, presidente da Termotécnica. Ele também acrescenta que a ampliação vai gerar emprego e renda para a comunidade local.

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...