Entrevista exclusiva com presidente da Abrafrutas, Luiz Roberto Barcelos

3° maior produtor de frutas do mundo, Brasil busca espaço entre grandes exportadores do setor

Em 2019, pela 1ª vez na história, as exportações do setor atingirão a cifra de US$ 1 bilhão


Terceiro maior produtor mundial de frutas, o Brasil ocupa uma nada honrosa vigésima-terceira posição entre os principais exportadores mundiais do setor. Mas este panorama começa a mudar. Em 2019, pela 1ª vez na história, as exportações do setor atingirão a cifra de US$ 1 bilhão. Com a renovação do convênio com a Apex-Brasil, que possibilita a realização de uma série de ações internacionais e promoção e incremento das exportações, e com a implantação, pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) do Plano  Nacional de Desenvolvimento da Fruticultura, números muito mais expressivos serão alcançados pelo setor nos próximos anos.

Estes e outros temas foram abordados em entrevista exclusiva ao Comexdobrasil.com pelo presidente da Associação Nacional dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Luiz Roberto Barcelos. A íntegra da entrevista segue abaixo:

Comexdobrasil.com: Após longa espera, finalmente foi renovado o acordo com a Apex-Brasil. Qual é a importância desse acordo para a fruticultura brasileira e em especial para as exportações do setor? Luíz Roberto Barcelos: Esse convênio é muito importante para que o setor continue com suas ações internacionais de promoção e incremento das exportações de frutas e abertura de novos mercados. A primeira grande ação será a participação brasileira no maior evento mundial do setor que é a Fruit & Logistica que ocorrerá em Berlim no início de fevereiro próximo, onde estaremos com um stand de 500 m2, e um recorde de empresas expositoras, 22. Mais na edição de fevereiro do seu JF online, que baixaremos na web dia 25 de janeiro. Compartilhe e curta www.jornaldafruta.com.br - www.revistadafruta.com.br

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...