Eventos

Workshop sobre Indicação Geográfica recebe trabalhos até 22/9

Dias 30 e 31 de Outubro, Florianópolis/SC


A Indicação Geográfica (IG) é um instrumento que vem sendo usado pela Epagri para valorizar os produtos regionais catarinenses.

Em outubro vamos realizar um importante evento sobre esse tema em Florianópolis. O prazo para envio de trabalhos já está aberto, confira no link abaixo. 

Nos dias 30 e 31 de outubro Florianópolis vai sediar o VIII Workshop Catarinense de Indicações Geográficas e VII Mostra de Produtos Tradicionais. O prazo limite para submissão de trabalhos para o evento é 22 de setembro. Os organizadores esperam mais de 300 pessoas de diferentes regiões brasileiras e até de outros países para discutir, aprofundar e disseminar a Indicação Geográfica (IG) como instrumento de valorização e distinção de produtos, de geração de renda, de preservação do patrimônio cultural, de desenvolvimento regional, de organização da produção e de criação de valor agregado.

A edição deste ano terá como temas centrais o pós-registro de Indicação Geográfica e os reflexos do acordo de livre comércio entre União Europeia e Mercosul. A programação conta com ciclos de palestras, mesas redondas e apresentação de trabalhos, além da mostra de produtos tradicionais.

Segundo o coordenador do evento, pesquisador da Epagri/Ciram Denilson Dortzbach, a realização do workshop, que ocorre anualmente desde 2012, foi fundamental para a consolidação do trabalho catarinense de Indicação Geográfica, que hoje já tem dois produtos reconhecidos pelo Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (INPI): o vinho dos vales da Uva Goethe e a banana da região de Corupá, e em fase final de reconhecimento o Queijo Artesanal Serrano "Campos de Cima da Serra.

"Temos ainda a erva-mate do Planalto Norte Catarinense, que aguarda a avaliação do INPI, e três produtos em fase final de elaboração do dossiê para posterior envio ao INPI: a maçã Fuji da Região de São Joaquim, o mel de melato da bracatinga do Planalto Sul Brasileiro e o vinho de altitude de Santa Catarina", explica Denilson.

Durante o workshop será realizada a VII Mostra de Produtos Tradicionais, que vai reunir produtos de todo o estado com características potenciais para IG: milho crioulo do Oeste Catarinense, farinha de mandioca de Laguna, cachaça de Luiz Alves, cebola de Ituporanga, queijo diamante de Major Gercino, entre outros.

O evento é organizado pela Epagri com apoio da Rede de Cooperação de Indicação Geográfica e de instituições parceiras. As inscrições são gratuitas e limitadas. O envio de trabalhos deve ser feito exclusivamente por meio eletrônico no website do evento: https://www.redeindicacaogeografica.com/     

 
Serviço:

  • O que: VIII Workshop Catarinense de Indicações Geográficas e VII Mostra de Produtos Tradicionais
  • Quando: 30 e 31 de outubro
  • Onde: Florianópolis, na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina
  • Inscrições: gratuitas, pelo site https://www.redeindicacaogeografica.com/ 
  • Inscrições de trabalhos: até 22 de setembro, também pelo site do evento

Informações para a imprensa: Gisele Dias, jornalista: (48) 3665-5147 - Isabela Schwengber, jornalista: (48) 3665-5407

 

Comments

SEE ALSO ...