Família recebeu subsídio de R$ 20 mil do Programa SC Rural

Morango e gado garantem o sustento de propriedade em Lages

Epagri desenvolve programas para incentivar jovens no campo


São 6,4 mil pés de morango, suspensos e cultivados em semi-hidroponia. Ao mesmo tempo, 16 animais em lactação ocupando um pasto repleto de nutrientes. Foi o que a família Straubel precisou para fixar-se no campo, conseguir qualidade de vida e garantir o sustento da propriedade, localizada em Lages/SC.
A Epagri contribuiu orientando a gestão rural, priorizando duas culturas principais, o morango e o leite. A fruticultura é tocada pelos filhos do casal, enquanto a pecuária leiteira é responsabilidade de seu Antonio e da dona Vera. E foi na pastagem que aconteceu a grande mudança que resultou em mais lucro para a família. "Nós indicamos pastagens perenes de inverno e também pastagens de verão, que mesmo não sendo um pasto tradicional, sabemos que têm um ótimo potencial produtivo," explica Galeno Rogerio Ramos Vieira, extencionista rural da Epagri. Em 2016, Jéssica, filha do casal, participou do curso da Epagri voltado à juventude rural. Lá desenvolveu o projeto de ampliação da área de cultivo de morango. Com a aprovação, ela recebeu um subsídio de R$ 20 mil do Programa SC Rural, valor investido no abrigo protegido, na compra de mudas, embalagens e no preparo dos perfis. Em pouco mais de um ano, eles já colheram 7 mil quilos de morango. Em função do sistema, o morango pode ser produzido em todas as estações.

Comentários

VEJA TAMBÉM...