Helius é ideal para quem procura retirar defeitos de difícil detecção de seus produtos

Coplana elege a Tomra Food para otimizar usa linha de produção

Objetivos manter a evolução dos aspectos da qualidade e garantir a segurança do alimento


Com base em seus programas para a qualidade, em 2014, a Coplana deu mais um passo para o aperfeiçoamento de processos com a instalação de um equipamento Helius da TOMRA Food, que permitiu avanços em segurança do alimento.

Com matriz em Guariba e Unidade de Grãos em Jaboticabal, interior do Estado de São Paulo, a Coplana Cooperativa Agroindustrial está no mercado desde 1963, atendendo cooperados que se dedicam à cultura da cana-de-açúcar, culturas em rotação com cana, como amendoim e soja, entre outras de menor escala. No amendoim, a Cooperativa se destaca não só no mercado brasileiro, mas também no exterior, com uma história bem-sucedida em relação à marca Coplana Brazilian Premium Peanuts. O amendoim altamente selecionado conquistou a grande indústria de alimentos, incluindo players da Comunidade Europeia, que estão entre os mais seletivos do mundo. A parceria com a TOMRA, nos últimos cinco anos, mostrou-se fundamental para o alcace de resultados a cada dia mais elevados.

Entre os principais feitos da Cooperativa nesta cadeia produtiva estão o estímulo à mecanização da lavoura de amendoim no Brasil, investimentos em variedades mais produtivas e a modernização da pós-colheita até chegar a um elevado padrão de qualidade atestado, por exemplo, pela BRC - Britsh Retail Consortim. E desde 2010, primeiro ano em que recebeu a avaliação da BRC, a Cooperativa mantém a mais alta nota da certificação, representada pelo grau AA. Trabalhando com processos em constante aperfeiçoamento, a Cooperativa elegeu a TOMRA Food para otimizar a linha de produção e, assim, alcançar resultados ainda melhores.

De acordo com Mateus Frazão, supervisor de Produção da Coplana, "a opção pela tecnologia da TOMRA teve como principais objetivos manter a evolução dos aspectos da qualidade e garantir a segurança do alimento, correspondendo, assim, às exigências da demanda internacional".

Atualmente, a Coplana processa 90 mil toneladas de amendoim, com capacidade para alcançar a marca de 100 mil. Sobre os benefícios do equipamento da TOMRA, Mateus Frazão ressalta: "a máquina Helius permite, principalmente, o controle de contaminantes físicos (impurezas), entregando um produto de maior qualidade, o que representa um avanço em relação a máquinas convencionais".

Menos impurezas, maior qualidade - Diante de um grande portfólio de equipamentos disponíveis para as mais diversas aplicações, a Coplana escolheu a Helius 1200 para a sua planta industrial, atendendo a seus programas da qualidade. Esta máquina pode ser equipada com até 12 sinais individuais de laser, reponsáveis pela identificação de todas as imperfeições de cores, estrutura, tamanho e forma em um fluxo de produtos de boa qualidade. Para complementar, fortes ejetores de ar eliminam de maneira precisa as imperfeições do fluxo de produtos em boas condições, melhorando a qualidade do produto final, neste caso o amendoim.

Para João Medeiros, gerente Comercial da TOMRA Food Brasil, "a Helius é a máquina ideal para quem procura retirar defeitos de difícil detecção de seus produtos, principalmente aqueles que são muito similares aos produtos de boa qualidade. Através dos sensores a laser, a Helius consegue detectar impurezas a partir da coloração e também da estrutura do mateiral, por isso é muito mais eficiente na eliminação de materiais estranhos". Para o responsável da TOMRA, "o mercado de amendoim no Brasil está crescendo rapidamente, e muitos beneficiadores estão buscando alternativas para melhorar a qualidade, agregando valor ao produto, principalmente para a conquista do exigente mercado europeu. A máquina Helius, bem com outras tecnologias de ponta desenvolvidas pela TOMRA, somada à nossa experiência nos mercados local e internacional, por exemplo, Argentina, certamente contribuem bastante com os beneficiadores Brasileiros que pretendem exportar", conclui Medeiros. 

Hoje, a Coplana conta com 475 colaboradores e mantém-se em crescimento. Para Mateus Frazão, "existe a possibilidade de investimentos futuros em mais tecnologias da TOMRA". O supervisor de Produção da Coplana reforça ainda que "recomenda a tecnologia da TOMRA pelos resultados obtidos desde 2014". Para a TOMRA, o mercado brasileiro é um mercado estratégico, onde a empresa tem ampliado muito suas atividades nos últimos meses, destacando a equipe liderada por João Medeiros e o aperfeiçoamento de uma equipe técnica local para agilizar a demanda de serviço dos clientes locais e prestando, assim, um maior auxílio na pré e pós-venda.

Para TOMRA cada cliente é único, e as necessidades de um cliente não podem ser generalizada aos demais. João Medeiros reforça "além de possuir tecnologia de ponta, a TOMRA conta com profissionais altamente qualificados que oferecem não somente uma máquina, mas sim a solução adequada para diferentes situações. No entanto, é preciso, de acordo com o responsável, quebrar o paradigma que se vive no Brasil, onde os beneficiadores ainda encontram bastantes dificuldades no dia-a-dia. Para isso, "é necessário aumentar a eficiência na produção, reduzindo ao máximo o nível de defeitos dos seus produtos, com a finalidade de competir com mercados tecnologicamente mais avançados, abrindo possibilidade de exportação para outros países que exigem melhor qualidade e que pagam um preço maior, consequentemente aumentando a lucratividade da operação. Tudo isto é possível com a ajuda da TOMRA".

Sobre a TOMRA Food - A TOMRA Food projeta e fabrica máquinas de classificação baseadas em sensores e soluções pós-colheita integradas para a indústria alimentícia, utilizando a mais avançada tecnologia de classificação, descascamento e análise do mundo. Mais de 8.000 unidades estão instaladas em produtores de alimentos, empacotadores e processadores ao redor do mundo, nos segmentos de frutas, nozes, vegetais, produtos de batata, grãos e sementes, frutas secas, carne e frutos do mar. A missão da empresa é permitir que seus clientes melhorem os retornos financeiros, obtenham eficiências operacionais e garantam o fornecimento seguro de alimentos por meio de tecnologias inteligentes. Para isso, a TOMRA Food opera centros de excelência, escritórios regionais e locais de fabricação nos Estados Unidos, Europa, América do Sul, Ásia, África e Australásia. A TOMRA Food é membro do Grupo TOMRA, fundado em 1972, que começou com o projeto, fabricação e venda de máquinas de venda reversa (RVMs) para coleta automatizada de embalagens de bebidas usadas. Hoje, a TOMRA fornece soluções lideradas por tecnologias que permitem a economia circular com sistemas avançados de coleta e classificação que otimizam a recuperação de recursos e minimizam o desperdício nas indústrias de alimentos, reciclagem e mineração.

A TOMRA tem cerca de 100.000 instalações em mais de 80 mercados em todo o mundo, com uma receita total de aproximadamente 8.6 bilhões de NOK em 2018. O Grupo emprega em torno de 4.000 pessoas globalmente e é listado publicamente na Bolsa de Valores de Oslo (OSE: TOM). Para mais informações sobre a TOMRA, acesse www.tomra.com

Comments

SEE ALSO ...