Objetivo é levar orientações sobre tecnologia de aplicação e segurança do aplicador

Parceria entre Programa Aplique Bem e Ceasa Campinas

Leva treinamento gratuito aos produtores de hortifrúti da região


O Programa Aplique Bem, iniciativa da Arysta LifeScience em parceria com o Instituto Agronômico (IAC) para a disseminação de boas práticas no uso de defensivos agrícolas, firmou parceria com o Ceasa Campinas, órgão administrado pela prefeitura municipal, com o objetivo de levar orientações sobre tecnologia de aplicação deagroquímicos e segurança do aplicador, sem custo, aos produtores de Frutas, Legumes e Verduras (FLV).

"Uma população saudável é consequência da política de segurança alimentar do país, incluindo uma agricultura eficaz não apenas em quantidade, mas também orientada pelas Boas Práticas Agrícolas", explica Cláudia Barreto, gerente Stewardship Brasil da Arysta LifeScience.

Nos últimos anos, o Ceasa Campinas adotou planejamento de abastecimento de alimentos visando o pleno atendimento dos comandos e orientações mercadológicas mundiais (FAO/ONU e OMS), especialmente em atenção ao paradoxo do desperdício, fome e segurança alimentar, valorizando o comércio de alimentos mais saudáveis ao consumidor. 

O Programa Aplique Bem comemorou 10 anos de inovações na agricultura brasileira em 2017, com aproximadamente 60 mil treinamentos sobre a correta aplicação de defensivos agrícolas nos diferentes cultivos. Atualmente, o Aplique Bem tem três Tech Móveis (la­boratórios itinerantes) que percorrem o Brasil.

"Ao invés de levar os agricultores para a sala de aula, nós levamos a sala de aula até eles. Trata-se de uma prestação de serviços sem custo, com o único objetivo de orientação sobre boas práticas. O Aplique Bem leva conhecimento ao campo, melhor uso da tecnologia disponível e uso racional dos defensivos agrícolas, contribuindo para a produção de alimentos seguros e de qualidade, otimizando a produção e diminuindo gastos, além de proporcionar maior segurança para quem aplica e reduzir impactos ao meio ambiente", explica Liria Hosoe, Gerente de Registro e Stewardship  da Arysta LifeScience. *Monique Oliveira/Texto Comunicação Corporativa

Comentários

VEJA TAMBÉM...