Eventos

Valexport apresenta agronegócio regional ao governador de Roraima

Vale é responsável por 86% das exportações de manga e 99,9% das exportações de uva do país


O governador de Roraima, Antonio Denarium, encerrou nesta quarta-feira (2) em Petrolina - PE uma visita ao Vale do São Francisco com um propósito: mudar a matriz econômica do seu Estado com o incremento de projetos irrigados visando a produção de frutas em larga escala. No terceiro dia, entre Petrolina e Juazeiro - BA, o governador, que esteve acompanhado de secretários e empresários do segmento agropecuário, participou de uma reunião na Associação dos Produtores e Exportadores de Hortigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco - Valexport, onde conheceu em detalhes os projetos, empreendimentos e resultados que transformaram a região no terceiro maior produtor de frutas do mundo.  Depois de ouvir uma palestra destacando a produção anual de 43,9 milhões de toneladas de frutas e de ser informado pelo gerente executivo da Valexport, Tássio Lustosa, que o Vale é responsável por 86% das exportações de manga e 99,9% das exportações de uva do país, Antonio Denarium, ressaltou o potencial produtivo de Roraima para investimentos e geração de emprego e renda. "Fiz questão de trazer os secretários das áreas produtivas e empresários do setor. Todos saem daqui muito bem impressionados com o profissionalismo dos produtores e os avanços tecnológicos e da pesquisa agropecuária. Fizemos vários contatos e acertamos a ida de alguns consultores das culturas de manga e citros para ampliarmos o intercâmbio", ressaltou.

O presidente da Valexport, José Gualberto de Almeida, lembrou a implantação dos primeiros perímetros públicos irrigados, ainda na década de 1960, a exemplo do Projeto Bebedouro, e entusiasmou os visitantes quando mencionou os números de empregos gerados a cada hectare irrigado. "Na produção de manga são gerados diretamente dois empregos já no de uva, o número dobra para quatro". Também presente à comitiva, o presidente da Abrafrutas, Luiz Roberto Barcelos, fez um paralelo entre as regiões do Vale e de Roraima, acrescentando que Roraima tem potencial, em solos, clima e localização geográfica para se tornar um grande exportador de frutas.

A comitiva do governador de Roraima participou na segunda-feira (30) da abertura do XXVI Congresso Brasileiro de Fruticultura, na Univasf, em Juazeiro - BA. Na terça e na quarta-feira se reuniu com a Câmara Setorial de Fruticultura do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e com a diretoria da Abrafrutas. Antonio Denarium e comitiva conheceram ainda os pomares e packing houses de fazendas de produção de uva e manga.*Clas Comunicação e Marketing

 

Comments

SEE ALSO ...