Será dias 23 e 24 de agosto em Bocaina de Minas

Encontro na Serra da Mantiqueira irá discutir a produção agroecológica

Evento vai abordar o cultivo, certificação e comercialização de produtos livres de agrotóxicos


Um evento que vai debater desde o cultivo até a comercialização de produtos agroecológicos deverá atrair cerca de 150 produtores rurais da região da serra da Mantiqueira, divisa dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.  Nos dias 23 e 24 de agosto, no município de Bocaina de Minas, será realizado o Encontro Regional de Agroecologia na Mantiqueira.  Será uma oportunidade para os agricultores interessados em adotar um modo de produção mais saudável, sem uso de agrotóxicos, obtenham informações sobre o sistema e participem de oficinas.

“O produtor que pretende sair do sistema tradicional e investir na agroecologia deve inicialmente conhecer e visitar algumas propriedades, além de procurar assistência técnica para orientações adequadas”, explica o Hildebrando Lopes, gerente da Emater-MG. A empresa mineira de extensão rural é uma das promotoras do encontro. 

O evento será realizado no Sítio Nova Vida, que investe na produção orgânica de frutas vermelhas.  Segundo o gerente da Emater-MG, os participantes poderão ver de perto uma experiência de sucesso. “No caso de Bocaina de Minas, o forte é a produção de frutas vermelhas, como morango e amora. A experiência no sítio onde será realizado o evento é interessante porque, além do cultivo e venda da produção orgânica, existe uma agroindústria com projeto elaborado pela Emater-MG, que possibilitou ao agricultor agregar valor à sua produção, minimamente processada”, afirma. 

Entre os temas das palestras está certificação de produtos orgânicos. Especialistas irão falar das diferentes maneiras de comercializar a produção, seguindo as normas do Ministério de Agricultura. Um exemplo a ser mostrado é a Organização de Controle Social (OCS), um sistema desenvolvido para agricultores familiares que desejam comercializar a produção orgânica.

A OCS fornece um documento que é a conformidade de produção orgânica participativa. Esse documento contém todos os dados do produtor e da propriedade, incluindo o número de cadastro. A partir dessas informações, é possível realizar uma consulta no site do ministério e encontrar não só o produtor, mas também a lista com o tipo de produto que ele cultiva. O  representante da OCS deve apresentar documentos ao ministério que relatem como se dão os controles internos e o social sobre a produção e comercialização.

Oficinas e inscrição - Oficinas e inscriçãoA programação do evento também conta com oficinas  sobre tecnologias de produção orgânica. Técnicos irão demonstrar como preparar caldas alternativas e compostagem orgânica sólida e líquida.

Mas o gerente da Emater-MG lembra que o investimento na produção orgânica vai além do uso dessas tecnologias. “É muito importante que o produtor entenda que não é simplesmente uma troca de pacote tecnológico. O sistema de produção orgânica é mais complexo, pois envolve inclusive o conhecimento do ecossistema da propriedade”, alerta Hildebrando Lopes. As inscrições para o encontro podem ser feitas nos escritórios da Emater-MG da região. Mais informações sobre o encontro pelo telefone (32) 3294-1174 ou pelo e-mail: bocaina.minas@emater.mg.gov.br

Comentários

VEJA TAMBÉM...