tecnologia

Jacto apresenta equipamentos específicos para cultivos protegidos

Jacto PJA-18 é um pulverizador costal a bateria com assistência de ar que evita desperdícios de insumo e água, possibilitando maior assertividade no alvo. Outra novidade que será apresentada na Hortitec é o primeiro pulv


 

 

A Jacto participa da 26ª edição da Hortitec apresentando várias novidades para o segmento de cultivos protegidos. O principal destaque para este ano é o pulverizador costal Jacto PJA-18, movido a bateria e com assistência a ar.

Desenvolvido para cultivos com média a alta densidade foliar, é um pulverizador que aplica inseticidas, fungicidas, além de produtos para controle biológico e fertilizantes foliares. Conta com o sistema exclusivo Jacto Flow Control, uma tecnologia que possibilita alcançar a parte inferior das folhas e a parte interna das plantas através do transporte das gotas por um jato de ar.

Este sistema permite controlar de forma independente o tamanho da gota, a vazão de pulverização e a velocidade do ar, permitindo ajustes totalmente personalizados e específicos para cada necessidade, que aparecem em um display de LCD.

"Nosso principal objetivo com o Jacto PJA-18 é permitir que os produtores rurais pulverizem com mais eficiência alvos difíceis, reduzindo consideravelmente o desperdício de insumos. Nossos testes apontam que é possível aumentar a eficiência da aplicação em até 66%, reduzindo o volume de pulverização em até 658 L/ha na aplicação de produtos de contato no tomate adulto em cultivo protegido", explica Iago Reis de Oliveira, especialista de produtos da Jacto da unidade de produtos portáteis.

 

Pulverizador costal conectado ao celular gera relatórios de gestão - Outra novidade que será apresentada ao público da Hortitec é o Jacto DJB-20S, o primeiro pulverizador e dosador costal do mundo com a possibilidade de se conectar via bluetooth e ser controlado através de um aparelho celular. Um dos diferenciais do produto é o relatório de gestão gerado ao final da jornada de trabalho.  "Ao longo da operação, o equipamento grava as informações da quantidade de doses e volume total aplicados, gerando um relatório que futuramente pode ser compartilhado com as empresas que vão comprar o seu produto, principalmente no caso de exportação, assim como para facilitar a certificação frente aos órgãos certificadores e suas fiscalizações", explica Iago.

Quando conectado ao celular com a localização GPS habilitada, o Jacto DJB-20S gera ao final do dia um mapa operacional da aplicação realizada. Se uma dose for utilizada para cada planta, é possível contar a quantidade de plantas em uma área e reconhecer os pontos de mortalidade. Com este relatório é possível melhorar a gestão da produção e prever a produção total ao final da safra, por exemplo, além de ter um controle da infestação de pragas como plantas invasoras, assim como uma melhor gestão dos operadores.

Novidades também em adubação e poda - Para a adubação, a empresa lança dois modelos de distribuidores de grânulos, o Jacto GW-55 e o Jacto GP-3Disponíveis em duas opções de tamanho e forma de condução, os novos produtos distribuem grânulos sólidos de forma homogênea e contam com um sistema de controle do volume de aplicação.

Será apresentada também a nova linha de tesouras manuais de poda, com 4 modelos diferentes: tesoura de poda Jacto PS-20, tesourão de poda Jacto PS-30 e tesouras para colheita modelos Jacto PS-10 e PS-11.

Comments

SEE ALSO ...